O Recital

Foto: escultura em porcelana de Dom Quixote.
Seres humanos são questionadores por natureza, desde que começam a se entender por gente têm o costume de fazerem longas viagens introspectivas em busca de conhecimento do seu "eu', têm enorme curiosidade sobre os mistérios da vida e de vez em quando têm crises existenciais.

Quem tem o hábito de escrever, por meio de uma linguagem poética, relata suas reflexões como maneira de calar alguma angústia, curar alguma dor, expressar amor ou manisfestar furor. Eu sempre tive certa inclinação pela poesia de cunho existencialista - que trata da dimenção do ser -, embora tenha uma veia lítero-musical que é um misto de expressionismo e protesto, muito influenciada pelas impressões oculares e pelos ruídos urbanos.

Foi assim que se criou boa parte do meu repertório e dele pincei uma composição que gosto bastante, chama-se ♫ Dia de Decisão ♫. Dessa vez resolvi fazer algo diferente, ao invés de elaborar um arranjo com vários elementos usei apenas uma base percussiva e uma cama harmônica. O clima intimista abriu caminho para uma interpretação mais calcada na declamação de versos, e repare que a produção menos polida faz com que a faixa passe a sensação de... recitação em sarau com trilha incidental de jazz ou choro.

Seja o primeiro a comentar


Espécie: PoDu/Tipo de vegetal: musical/Frutos: rimas e batidas/Raízes: poéticas/Procedência: Nikiti City/Desde: Dois-Zero-Zero-Seis

ACESSOS!

  © 2010 - Nobio Da Paz Produções Musicais / Template: D.B.

TOPO